Índice
História e Definições de Medicina Legal Resumo com 6 níveis de subtópicos - Fotos = s, Textos = s  

 
 
   

Medicina Legal é Ciência?

  • Corrente restritiva
    • A Medicina Legal não constitui ciência autônoma, por não apresentar objeto e método próprios, podendo ser aplicada por qualquer médico no interesse da justiça.
  • Corrente extensiva
    • A Medicina Legal possui objeto e método próprios, podendo ser exercida apenas pelos especialistas, denominados médicos-legistas.
  • Corrente eclética ou intermediária
    • A Medicina Legal é, simultaneamente, ciência e arte. Ciência pela existência de método, não exclusivo à ela. Arte pois o perito, a partir do método, busca a solução de problemas reais.

 

Definições de Medicina Legal.

  • Fávero, 1975
    • "A aplicação dos conhecimentos médico-biológicos na elaboração e execução das eis que deles carecem."
  • França, 1998
    • "A medicina a serviço das ciências jurídicas e sociais."
  • Hélio Gomes, 1998
    • "O conjunto de conhecimentos médicos e paramédicos destinados a servir o Direito, cooperando na elaboração, auxiliando na interpretação e colaborando na execução dos dispositivos legais, no seu campo de ação de medicina aplicada."
  • Croce e Croce, 1998
    • "A ciência e arte extrajurídica auxiliar alicerçada em um conjunto de conhecimentos médicos, paramédicos e biológicos, destinados a defender os direitos e os interesses dos homens e da sociedade."
  • Odon, 2002
    • "A ciência de aplicação dos conhecimentos médico-biológicos aos interesses do Direito constituído, do Direito constituendo e à fiscalização do exercício médico-profissional."

malthus.com.br em 25/01/2021 17:09:37