Email: Senha:
Cadastrar Esqueci a senha 

Capítulo anterior
Modelo de laudo - Osso Animal
Capítulo atual
Espécie animal por macroscopia
Próximo capítulo
Determinação da Espécie pelos Pelos


abrir box

Índice
Tanatologia
Óbito por causas naturais
 Necropsia em caso de morte natural - putrefeito
 Óbito por infarto agudo do miocárdio
 Meningite bacteriana
 Infarto cardíaco antigo e nefropatia
 Tamponamento cardíaco
 Empiema pleural
 Choque hipovolêmico - Varizes Esofágicas - Hepatopatia - Alcoolismo
 Insuficiência cardíaca aguda em portador de miocardiopatia
 Septicemia pós câncer
 Síndrome consumptiva decorrente de carcinomatose
 Óbito de causa indeterminada em portador de cardiopatia e HAS
 Hematomas subaracnoideos por hipertensão arterial sistêmica
 AVCH - Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico
 Hipertrofia miocárdica e esteatose hepática
 Hemoglobinopatia C
 Hemorragia digestiva em fratura de colo de fêmur
 Putrefeito - morte não violenta
 Óbitos por infarto agudo do miocárdio
 Doença de Chagas II
 Tamponamento cardíaco por rotura miocárdica
 Cianose e gangrena de extremidades
 Doença de Chagas
 Cardiopatia crônica - Septicemia - Supuração renal
 Hepatopatia micronodular - icterícia
 Miocardiopatia e hipertensão crônica
 Lesão cerebral crônica
 Hipertrofia cardíaca - ateromatose coronariana

Causas naturais são aquelas em que a instalação é lenta e, de certa forma, endógena.
A Declaração de Óbitos de causa natural não é, a priori, competência dos IMLS.
Caso a vítima esteja sob assistência médica, incumbe ao médico assistente a emissão deste documento.
Em situações de morte natural sem assistência, como morte em domicílio, o SVO (Serviço de Verificação de Óbito) é o responsável.
Por força da Portaria Nº 1.405 de 29/06/2006, vítimas não identificadas e putrefeitos devem ser levadas ao IML.

Art. 8º  Os SVO serão implantados, organizados e capacitados para executarem as seguintes funções:

I - realizar necropsias de pessoas falecidas de morte natural sem ou com assistência médica (sem elucidação diagnóstica), inclusive os casos encaminhadas pelo Instituto Médico Legal (IML);

II - transferir ao IML os casos:

a) confirmados ou suspeitos de morte por causas externas, verificados antes ou no decorrer da necropsia;

b) em estado avançado de decomposição; e

c) de morte natural de identidade desconhecida;




1



Óbito por causas naturais

Análise das câmaras cardíacas em cadáver na fase de coloração. Observe a hipertrofia ventricular esquerda concêntrica.



2



Óbito por causas naturais

Petéquias subepicárdicas.


     
2 registros - Página 1 de 1 páginas
   1


Webmaster
Malthus

Site de Apoio ao Processo Ensino Aprendizagem do
LOAFMEL
Laboratório de Odontologia e Antropologia Forenses e Medicina Legal
Faculdade de Medicina
Universidade de Brasília.

Coordenador: Professor Malthus Galvão
Este site é monitorado, está em constante complementação e pode conter erros.

Você pode utilizar o material à vontade, para montar uma aula, um caso para discussões com seus alunos, etc, seguindo os termos da licença. Aqui eu explico melhor

LOAFMEL - UnB by Malthus Fonseca Galvão is licensed under CC BY-NC-SA 4.0

Toda programação, métodos e bancos de dados utilizados em malthus.com.br© foram desenvolvidos pelo

Prof. Malthus Galvão.

Direitos autorais protegidos pela Lei 9610/98.